Percepção do Esforço: Meu exercício é Leve, Moderado ou Intermediário?

Esforco Em Atividade Fisica

Durante a prática de exercícios físicos, é de fundamental importância conhecermos nosso corpo e nossos limites, não é mesmo?

No Vitamenu você pode indicar os exercícios físicos e saber quantas calorias queima em determinado tempo, mas muitos dos exercícios estão indicados como Iniciante, Intermediário ou Avançado.  Isso influencia diretamente na informação do gasto calórico, mas como podemos saber nosso nível durante a prática do exercício físico?

Para isso foi criado um Escala chamada de Escala de Borg para classificação e percepção de nosso esforço durante a atividade física.

Percepção do Esforço: Escala de Borg

O estudo da percepção de esforço (ou esforço percebido) teve seu início por volta de 1950, tendo como pioneiro o fisiologista sueco Gunnar Borg.

Numa escala numérica de 0 a 10 readaptada da original que ia de 0 a 20, o indivíduo utiliza a escala para apontar sua própria percepção de esforço. A escala não invalida os outros métodos conhecidos sendo mais um para somar à segurança da prática da atividade física.

Abaixo temos a tabela com a divisão da versão adaptada, de 0 a 10:

Tabela Escala Esforço Percebido

Escala de Percepção do Esforço

Ou seja, se você pretende caminhar com intensidade moderada (nível 4-6), deve fazê-lo de modo que consiga conversar durante a atividade, notando que já não é tão fácil respirar como numa caminhada de intensidade leve (nível 2-3); se deseja caminhar com intensidade vigorosa (nível 7-8), deve fazê-lo de modo que sinta seu coração bater muito rápido e que só consegue falar uma ou duas frases, reparando que não é tão fácil conversar como numa caminhada de intensidade moderada (nível 4-6).

Lembre-se: Antes da prática atividade física sempre consulte um profissional de Educação Física ou Personal Trainer habilitado.  Consulte sempre o médico antes da prática de exercícios.

 

Referência Bibliográfica:

Psychophysical bases of perceived exertio, BORG GUNNAR A.V. Medicine & Science in Sports & Exercise: 1982. Disponível em: <https://journals.lww.com/acsm-msse/pages/articleviewer.aspx?year=1982&issue=05000&article=00012&type=abstract/> Acesso em:06/12/2018

 

Que tal esses outros artigos?