Fome noturna: conheça suas causas e como controlá-la

É muito comum que algumas pessoas sintam mais fome à noite. A fome noturna pode ter várias explicações, tanto fisiológicas quanto psicológicas: falta de planejamento alimentar, desequilíbrios hormonais, rotina de atividades físicas, estresse, entre outras.

Mas se você percebe que sente mais fome à noite, com planejamento é possível equilibrar os seus ciclos de fome, perder peso e até dormir melhor.

Confira aqui nesse artigo as causas da fome noturna, como controlar esse hábito e tenha ainda mais qualidade de vida.

O que é a Síndrome do Comer Noturno?

Nossa alimentação é regulada não só pelo nosso metabolismo e hormônios, mas também pelo ciclo do dia e noite, pela nossa rotina e até mesmo pelas relações sociais. Todos esses fatores interferem no nosso padrão alimentar, na qualidade e quantidade do que comemos.

A Síndrome do Comer Noturno é uma desordem alimentar observada desde a década de 50, caracterizada principalmente pela falta de fome pela manhã, comer em excesso após às 19 horas e episódios de compulsão durante a madrugada.

Se você se identifica com algum desses critérios, isso pode ser um sinal de alerta, mas calma: pode ser apenas a sua rotina descontrolada.

Veja a seguir como modificar esse comportamento alimentar.

Sinto muita fome à noite, e agora?

Para além dos aspectos fisiológicos, a fome noturna pode ser resultado de uma rotina mal estruturada. Você acorda em cima da hora, sai de casa sem comer, toma só um cafezinho no meio da manhã, mal tem tempo para almoçar e então quando chega à noite tem a impressão de que seria capaz de comer um banquete sozinho. Se identificou?

Já pensou que se você acordasse mais cedo, tomasse um bom café da manhã ou conseguisse sentar-se para uma refeição equilibrada no almoço, talvez não sentiria tanta fome à noite? Na maioria das vezes é essa rotina que precisamos ajustar para diminuir os episódios de fome noturna.

Dicas para controlar a fome de noite

Se você acha difícil controlar a fome que bate à noite, separamos algumas estratégias que ajudam a ter um dia a dia mais organizado:

  • Fracionar as refeições – Comer mais vezes durante o dia, pouca quantidade, mantém os níveis de glicose estáveis – principalmente, não pule o café da manhã e o almoço
  • Ajudinha tecnológica – Use o aplicativo do Vitamenu para distribuir as refeições e lembra de comer nos horários corretos, conheça o app aqui.
  • Consumir mais fibras e proteínas após às 17h – Refeições ricas em proteínas e fibras no final da tarde/noite ajudam a trazer mais saciedade. O Vitamenu monitora a quantidade de fibras e proteínas ideais para seu perfil e objetivo.
  • Lanchinhos antes de dormir – Mesmo após jantar você ainda sente fome? Experimente um lanchinho antes de dormir – iogurte natural, chá de camomila, mingau de aveia são algumas das melhores opções
  • Beba água – Muitas vezes confundimos sede com fome, por isso beba bastante água ao longo do dia
  • Planeje suas refeições – Tenha em mente qual a programação do dia seguinte para não ficar muito tempo sem comer. Por isso tenha sempre uma fruta ou algumas castanhas à mão para um lanche rápido entre as refeições principais

 Se ainda assim o hábito persistir, consulte um médico ou nutricionista para orientações personalizadas.

Referencias Bibliográficas

Harb, A.B.C. et al. Síndrome do comer noturno: aspectos conceituais, epidemiológicos, diagnósticos e terapêuticos. Rev. Nutr. vol.23 no.1 Campinas Jan./Feb. 2010.

Imagem: Mulher foto criado por bearfotos – br.freepik.com

Gabriella Gachet

AvatarGabriella é Nutricionista Parceira do Vitamenu ! 🍎 Mindful Eating 😇 Reeducação Alimentar 🥗 Gastronomia Saudável - CRN 4 - 10100421

                       
Comece hoje sua vida saudável!
                       

É hora de conquistar seus objetivos, não deixe para a semana que vem. Estamos te esperando!

Precisando Perder Peso ou Ganhar Massa?
Clique e conheça nosso método