Dietas da moda e suas consequências nada agradáveis

Dietas Da Moda E As Consequencias

Se você não conhece as dietas da moda e suas consequências, é bom ficar ligado.

Os alertas quanto aos riscos que elas oferecem vêm de todos os lados, de nutricionistas, médicos e até da Organização Mundial da Saúde.

Significa que não há como emagrecer saudável? Não, não é nada disso.

Por outro lado, indica que a informação é a sua principal arma para perder peso sem cair em armadilhas.

É por isso que recomendamos que leia este artigo até o final.

Vamos em frente?

Dietas da moda e suas consequências na saúde

Quem vai à internet pesquisar sobre dietas da moda e suas consequências o faz na expectativa de encontrar boas notícias.

Isso vale especialmente para quem procura emagrecer rápido.

Afinal, as dietas da moda mais conhecidas funcionam?

A resposta é: sim e não. Calma, pois vamos explicar.

Se você tem no emagrecimento um objetivo, tende a perder peso no curto prazo. O problema é que não é um projeto saudável, nem prazeroso, tampouco sustentável.

No fim das contas, você prejudica a saúde e, em breve, recupera novamente os quilinhos a mais – e talvez ganhe alguns extras.

É justamente este o alerta da nutricionista Fernanda da Cunha, neste vídeo.

Ela diz também que “são dietas que, primeiro, não tem embasamento científico. Segundo, restringem muito alguma classe de alimentos”.

O que é preciso entender é que esse tipo de projeto submete você a sacrifícios.

Comer deixa de ser um prazer para se tornar quase um castigo.

As pessoas que adotam alguma das dietas da moda acabam se concentrando no que não devem comer, em vez de priorizar alimentos que oferecem tudo o que o seu corpo precisa.

Como exemplo, veja o que diz sobre a Dieta Paleo a professora Adrienne Youdim, da Escola de Medicina David Geffen da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos:

“Se você não for cuidadoso com os tipos de proteína ingeridos, a dieta pode aumentar o risco de desenvolver doenças cardiovasculares”, alerta, citando como exemplo a carne vermelha, uma fonte de proteína rica em gorduras saturadas.

Dietas da moda são uma preocupação mundial

A questão é tão séria que até a Organização Mundial de Saúde já manifestou preocupação com as dietas da moda e suas consequências.

Para a entidade, qualquer método que restringe bons grupos alimentares deve ser considerado suspeito.

“A ideia de cortar alimentos e legumes à base de grãos não é apoiada pela ciência e comer mais carne do que o necessário pelo corpo certamente tem riscos”, divulgou a entidade.

Neste ano, um estudo realizado por pesquisadores finlandeses descobriu que dietas que priorizam proteínas, amparando-se na ideia de eliminar carboidratos das refeições, elevam em até 49% o risco de insuficiência cardíaca.

A pesquisa avaliou 2.441 pessoas entre 42 e 60 anos e encontrou 334 casos da doença.

Resumo dos principais riscos

Entre riscos mais e menos graves, não faltam razões para evitar as dietas da moda e suas consequências.

Confira a lista com as principais ameaças à saúde, criada a partir das contribuições de diferentes estudos ao redor do mundo.

  • Efeito sanfona
  • Flacidez
  • Dores de cabeça e tontura
  • Prisão de ventre, constipação ou diarreia
  • Anemia
  • Aumento do colesterol
  • Cálculo biliar
  • Doenças cardiovasculares
  • Arritmia cardíaca
  • Hipotensão (pressão arterial abaixo do normal)
  • Sobrecarga das funções renal e hepática
  • Fadiga
  • Dificuldade de concentração
  • Nervosismo
  • Pele seca, unhas fracas e queda de cabelo.

Olho nelas! As principais dietas da moda em 2018

Dietas são um assunto sempre em alta.

No trabalho, é comum haver uma colega tentando algo novo que viu na internet.

Você navega em sites e se depara com anúncios e seus títulos chamativos, quase sempre falando em resultados incríveis e rápidos.

Não por acaso, a cada ano, novas dietas da moda e suas consequências duvidosas ganham adeptos.

Em 2018, por exemplo, os métodos Keto e Nutritariana surgiram como novidades.

A elas, se juntam vários outros tão ou mais famosos. São exemplos:

  • Dieta Dukan
  • Dieta do Ovo
  • Dieta Master Cleanse
  • Dieta do Tipo Sanguíneo
  • Dieta Vegana
  • Dieta Detox
  • Dieta dos Pontos
  • Dieta Mediterrânea
  • Dieta Paleolítica (Paleo)
  • Dieta DASH
  • Dieta Low-Carb
  • Dieta Low-Fat
  • Dieta Atkins
  • Dieta South Beach
  • Dieta da Nasa.

Tem ainda o famoso jejum intermitente, que também é um perigo, caso não haja acompanhamento profissional.

Enfim, a lista poderia ser bem maior. E a pergunta que fica é: alguma dessas opções serve para você?

Infelizmente, não há como saber tendo como base apenas depoimentos de outras pessoas.

A verdade é que são planos de reeducação alimentar que não levam em conta o seu perfil, suas necessidades nutricionais e seus objetivos com a dieta.

Mas calma lá! Tem como fazer isso de forma saudável, como iremos explicar agora.

Afinal, como fazer uma dieta saudável?

Como vimos, as dietas da moda e suas consequências não são nada agradáveis, mas você ainda pode aprender com elas para chegar a um método saudável e eficaz.

A dica é começar por aquele que talvez seja o principal ponto falho de soluções apontadas como milagrosas: a construção de um cardápio que seja pensado exclusivamente para você.

Seja para perder ou ganhar peso, só vai funcionar se você priorizar os alimentos certos, que possam fornecer os nutrientes, fibras, vitaminas e minerais que você precisa para alcançar seus objetivos.

Quando o organismo é respeitado, a dieta cumpre o seu papel e promove resultados consistentes, que se mantêm no médio e longo prazo.

Mas é claro que, ao longo dessa jornada, você precisa fazer a sua parte.

Como nada acontece por acaso, além das orientações de um nutricionista, você deve demonstrar  comprometimento com o projeto.

Nessa hora, vale ter um aplicativo de dieta e cuidados com a saúde como aliado.

A partir de notificações no seu smartphone, você não esquece de se alimentar, de beber água, acompanha detalhes do seu planejamento e ainda monitora os resultados.

É uma motivação extra para o seu sucesso.

Vitamenu apoia o sucesso da sua dieta

Neste artigo, falamos sobre as dietas da moda e suas consequências.

Você conheceu os riscos que elas oferecem à saúde e teve acesso a informações valiosas para elaborar um projeto alimentar que respeite o seu corpo.

O que acha, então, de ter uma mãozinha da tecnologia nessa hora?

Não faltam motivos para você escolher o Vitamenu como o seu app de dieta.

Veja um resumo das suas funcionalidades:

  • Sugestões de cardápio
  • Contador de nutrientes
  • Contador de calorias
  • Contador de água
  • Medidas corporais
  • Catálogo de alimentos
  • Sugestões de exercícios
  • Rede Social dentro do aplicativo para você manter-se motivado com pessoas assim como você

Aceita o convite para mudar de vida de uma maneira saudável?

Acesse o site para saber mais e, se desejar, faça contato conosco.

Que tal esses outros artigos?